quinta-feira, dezembro 14, 2006

É fdxxx ser trocada, mesmo quando é apenas por um amigo com quem temos bom sexo...

Apetece-me escrever sobre isto e outras nostalgias, mas na minha cama quentinha. Amanhã trago um texto se divagar esta noite...

8 Comentários:

Blogger noivo disse...

há sempre um sentimento de posse, que se quer ter! Ou manter! mesmo sabendo que nesses casos ninguém é de ninguém!
Seja como for....pra frente!

3:21 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

É sempre, em todos os tipos de afecto... criamos um sentimento de posse como disse o noivo.. mas tb sentimo nos pequeninos, porque pelos vistos há alguém melhor que nós que nos superou, que conseguiu o que nós n conseguimos. É normal sentir a perda.. mas o ideal seria senti-la e depois passar por cima dela e continuar em frente.. se não a amargura e o ressentimento tomam conta de nós..

beijos e força..

11:52 da manhã  
Blogger Miss Perfect disse...

Não vou dizer que não sou solidária com o amor à primeira vista porque estaria a mentir... mesmo sabendo que custa ver alguém partir!

Mas olha... Nada temas minha querida! Amigo por amigo, tens aqui uma à disposição... agora quanto ao sexo, bem, amiga que é amiga dá sempre uma mãozinha lolol Se é bom ou não... isso agoooooora! :p

Deixa lá isso pah... queres mimos, eu dou-te mimos!

Até logo
Miss Perfect

12:10 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ha sempre um sentimentinho de: mas mas e agora ...

:)

1:00 da tarde  
Blogger Francisco del Mundo disse...

Eu não troco, acumulo...:P Mas eu sou um doido...:D
Olha, ele é que ficou a perder...;)
Bacione

10:57 da tarde  
Blogger filipa disse...

O sexo, o alicerce da mente, aquela pretensão que move meios e fins.
Deixa, cada um que chega é melhor que o anterior.

11:04 da manhã  
Blogger AnAni disse...

Se quiseres e-mailar, estás à-vontade.
Mas olha, cada vez mais me convenço que esse tipo de coisas têm que acontecer para virem melhores. Acredita!
E estou ali como o Francisco: arranja dos que acumulam (desde que amigos, hem? Dos a sério é bom que não sejam assim).
Beijo grande e força.

2:09 da tarde  
Blogger Cookie disse...

Cheguei agora aqui pela 1ª vez e encontro logo palavras que compreendo tão bem... Enfim, qualquer coisa que se possa dizer numa altura destas, vai soar a frase feita. Só mesmo o tempo para curar essas feridas.

Beijinhos

6:39 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial