terça-feira, fevereiro 14, 2006

Falta não te querer...

És a minha paixão...
Não te posso querer...
Mas quero-te mais do que posso controlar.

Escreveste o teu nome no meu corpo
Sussurraste-me a nossa paixão
Marcaste a minha pele
Entraste dentro de mim...

Encontraste o teu espaço no meu ser
Tatuaste-me com as tuas mãos
Feriste-me com a tua ausência
Feriste-me com a tua presença

Não me deixas partir
Não me prendes a ti
A ferida não sara
A paixão não acalma

Até quando?
Não muito mais...
Não te quero...querer.
Só falta não te querer...

10 Comentários:

Blogger online disse...

Complicado...
Como te disse, não te deixo assim hoje:)
Corre o querer tem muita força:)

3:48 da tarde  
Blogger Ana disse...

Amores proibidos!!! :(

4:19 da tarde  
Blogger Paixão disse...

Online
és um querido...
Mas acho que a solução será mesmo a de deixar de querer...
Espero que estejas a ter um óptimo dia!

Beijo enorme

5:01 da tarde  
Blogger Paixão disse...

ana
Ninguém proibe o amor. Pode é não ser saciado...

5:02 da tarde  
Blogger Sol disse...

Se podes escolher o querer...
Por algo q tem opção
nunca deixes de o fazer
seja qual for a razão

Amar um vazio
em espera constante
sentimento frio
para quem é amante

Ainda hoje amo
Alguem que perdi
Paixão eterna
Que pouco vivi

Procura a razão
de te sentires assim
Se ele é a tua paixão
luta até ao fim...


Beijinho Paixão
Desculpa o longo comentário
mas... hoje sinto-me assim.

5:52 da tarde  
Blogger Paixão disse...

Sol
Obrigada. Que lindo comentário... Muito reconfortante.

Beijinho meigo

6:09 da tarde  
Blogger Pseudo disse...

Bolas, tu e o online andam a competir lol..e que bons são a fazer-nos sentir :)
Continua (em).
Bom serão neste dia europeu da disfunção sexual lol.

7:25 da tarde  
Blogger Paixão disse...

Pseudo
Ainda bem que gostas.
Vem... e sente o que quiseres...
Boa noite, sem disfunções.
beijoca

8:10 da tarde  
Blogger Neptuno disse...

os amores nunca são proibidos, basta querermos vive-los

10:53 da tarde  
Blogger Maria disse...

tamos bem sim ....
jokas

10:32 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial